AJUDANDO A ACESSAR E VISUALIZAR

Este site foi desenvolvido para ser acessado a partir dos navegadores usuais. Melhores resultados são obtidos utilizando o Chrome, Firefox ou Internet Explorer 8.0 ou superior.

AJUDANDO A NAVEGAR

São 2 (duas) as opções de navegação: escolha a mais confortável para você. Além do menu principal (todo o tempo no mesmo local), você pode utilizar o mapa do site, para uma navegação mais objetiva e direta.

AJUDANDO A ESCOLHER

O conteúdo está organizado de acordo com o Menu Principal e seus submenus. A escolha da informação será por ele ou pelo campo busca(lado direito superior) onde você poderá digitar a palavra ou expressão e clicar na palavra BUSCAR. Serão retornados links contendo o texto pesquisado.

AJUDANDO A SE LOCALIZAR

Utilize o pathway ou breadcrumb ou seja “migalhas de pão” (quase sempre no canto superior esquerdo da tela). Ali estão os menus e submenus que você percorreu desde a página inicial.

AJUDANDO A SE INFORMAR

A página de abertura do sítio (inicial) já abre com a Notícia Principal atualizada. As notícias anteriores são armazenadas em um Banco de Notícias de fácil acesso e consulta.

AJUDANDO A TIRAR DÚVIDAS

O menu Dúvidas Freqüentes ou simplesmente Dúvidas está disponível com diversas perguntas e respostas para auxiliá-lo. Caso ainda permaneça a dúvida você pode utilizar o Fale Conosco para enviá-la. Uma orientação no prazo de 48 horas será devolvida para o seu e-mail.

 

DÚVIDAS FREQUENTES

 

Como faço para acompanhar uma solicitação de medicamento junto à SES?

Orientamos que acompanhe seu processo através do número 155 - Disque Minas - escolher a opção 2 – Saúde, e em seguida a opção 4 – Farmácia de Minas.

Como solicitar insumos para diabéticos?

Para tratamento de Diabetes, o Estado disponibiliza medicamentos e insumos para o monitoramento da doença que estão na relação estadual de medicamentos básicos, conforme Deliberação CIB-SUS nº 867 de 20 de julho de 2011:

Os medicamentos são disponibilizados gratuitamente nas farmácias públicas/postos de  saúde mediante apresentação de receita médica e documento de identidade do  paciente. Porém o município tem autonomia para fornecer ou não os medicamentos padronizados pelo estado, ou fornecer outros medicamentos que achar pertinente.

Insumos:

.              Fitas com área reagente para verificação de glicemia capilar.

.              Aparelho glicosímetro.

Para o recebimento, os portadores de Diabetes Tipo 1, Diabetes Tipo 2 Insulinodependentes e Diabetes Gestacional devem estar cadastrados no Questionário de Triagem do Sistema de Gerenciamento da Assistência Farmacêutica/SIGAF disponível em http://sigaf2.saude.mg.gov.br/, conforme Deliberação CIB-SUS nº 867 de 20 de julho de 2011:

a) Os Portadores de Diabetes Tipo 1 e Diabetes Gestacional receberão 3 (três) tiras reagentes por dia para determinação da glicose sanguínea.

b) Os Portadores de Diabetes Tipo 2 insulinodependentes receberão 1 (uma) tira reagente por dia para determinação da glicose sanguínea.

Já os aparelhos glicosímetros compatíveis com as tiras são doados na quantidade de 1 (um) aparelho por paciente cadastrado no Questionário de Triagem do SIGAF.

De acordo com a mesma Deliberação, em seu artigo 8º, inciso 3º, disciplina que:

§ 3º Os municípios ficarão responsáveis pela aquisição dos itens 162 (seringa) e 163(lanceta), observando aos seguintes critérios:

I - Os Portadores de Diabetes Tipo 1 Diabetes Tipo 2 insulinodependentes e Diabetes Gestacional receberão, no mínimo, 1 (uma) lanceta e 1 (uma) seringa por dia.

II - Os aparelhos lancetadores compatíveis com as lancetas serão doados pelo município a quantidade de 1 (um) aparelho por paciente.

Desta forma, os itens lancetas, seringas e agulhas são de responsabilidade de aquisição dos municípios, cabendo a eles então a disponibilização desses itens para os pacientes.

Sugerimos que compareça a uma farmácia pública/Farmácia de Minas de seu município e procure informações sobre o fornecimento desses itens ou entre em contato com a Secretaria Municipal.

 

Como solicitar um medicamento de alto custo?

O público alvo do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica - Alto Custo (CEAF), são pacientes com doenças cobertas por este Componente, cujas prescrições contenham medicamentos padronizados pela SES/MG e cumpram os critérios de inclusão estabelecidos nos Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT).

Para acesso ao medicamento, o paciente necessita realizar a abertura do processo de solicitação de medicamentos na farmácia da Superintendência Regional de Saúde (SRS), no seu caso SRS de Belo Horizonte, localizada na Av. Brasil 688, tel: 3239 4400.

Demais informações podem ser obtidas diretamente no site http://www.saude.mg.gov.br/cidadao/programas/program/22-farmacia-de-minas ou se preferir pode entrar em contato com a Farmácia Regional, ou então ligar 155 - Disque Minas - escolher a opção 2 – Saúde, e em seguida a opção 4 – Farmácia de Minas. 

Este é um serviço de Call Center diferenciado oferecido pela Superintendência de Assistência Farmacêutica do estado de Minas Gerais, pelo qual os cidadãos podem obter informações sobre os medicamentos fornecidos pelo SUS, tirar dúvidas sobre a forma de utilizar seus medicamentos e receber informações necessárias ao acesso a medicamentos.

 

Como saber se o medicamento que estou solicitando é fornecido pelo SUS?

Para saber quais são os medicamentos fornecidos, basta acessar a listagem, disponível em: http://www.saude.mg.gov.br/images/documentos/Relacao%20de%20medicamentos_SESMG_201112_08_11.pdf

 

Gostaria de saber como providencio o cartão nacional de saúde SUS para meu filho.

Informamos que você poderá procurar o Ministério da Saúde, na rua Espirito Santo nº 500-Centro-Belo Horizonte, ou no telefone: 3248-2769.

 

Vou realizar uma ação sobre DST no ambiente de trabalho e gostaria de solicitar materiais e preservativos.

Informamos que esses materiais são distribuídos em todas as Secretarias Municipais de Saúde, pedimos que entre em contato com a secretaria de saúde onde você mora.

 

Como emitir um Documento de Arrecadação Estadual (DAE)?

O DAE deve ser emitido através do endereço eletrônico  http://www.saude.mg.gov.br/component/gmg/page/613-documento-de-arrecadacao-estadual-dae . Basta preencher o formulário e mandar gerar o documento, não sendo necessária inclusão de nenhum código. Os campos preenchidos não devem conter barras ou hífens no nome da empresa, no CNPJ e no telefone. Caso o endereço seja sem número (s/n), basta inserir 0. Caso não consiga preencher o valor, digite o valor em uma página do WORD, copie e cole no campo indicado. Lembre-se que se você recebeu o valor em UFEMG’S (unidades fiscais) deve transformá-lo em reais, sendo o valor da UFEMG para o ano de 2013 de R$ 2,5016.  Ao escolher o tipo de serviço (análise de projeto, por exemplo), o sistema automaticamente preencherá os campos “Fonte de Recurso e Unidade Orçamentária”. Caso queira, preencha o histórico informando o tipo de serviço.

Qualquer dúvida, favor entrar em contato conosco através do telefone 3916-0399 ou dntr.svs@saude.mg.gov.br.

 

Como obter a segunda via do cartão de vacinação?

A segunda via do cartão deve ser solicitada na Unidade Básica de Saúde onde você se vacinou. No caso de mais de uma Unidade, você deve ir em todas as Unidades.

Gostaria de saber informações sobre o Certificado Internacional de Vacinação (CIV). Onde posso obtê-lo em Minas Gerais e o que é necessário para consegui-lo?

O certificado internacional de vacinação é retirado na ANVISA em Belo Horizonte na Av. Afonso Pena, 2336, Bairro Funcionários (acima da Rua Rio Grande do Norte) ou no Aeroporto Internacional de Confins no posto da ANVISA.

Levar cartão de vacinação nacional constando o registro da vacina contra febre amarela e documento de identidade de 09:00 às 17:00 horas.

 

Quais são os requisitos para estagiar na SES?

-Ter a partir de 16 anos

-Estar devidamente matriculado e frequentando o ensino regular, em instituições de ensino médio ou superior.

-Enviar currículo para o Banco de Dados, através do e-mail estagio@saude.mg.gov.br;

-Se cadastrar no site do NUBE (www.nube.com.br)

Qual a remuneração do estágio?

Bolsa-auxílio + Auxílio-transporte

Bolsa-auxílio - Ensino Médio

4 horas/dia – R$223,33

6 horas/dia – R$268,01

Bolsa-auxílio - Ensino Superior

4 horas/dia – R$452,02

6 horas/dia – R$678,00

 

Como me cadastrar no Projeto Mães de Minas?
Entre em contato com o Call Center pelo telefone 155.

Somente gestantes e crianças atendidas no SUS podem participar do projeto?

Não. Todas as gestantes e familiares de crianças com até 1 ano podem e devem se cadastrar no projeto . A proposta do projeto é garantir a saúde de toda mulher mineira, independente da condição socioeconômica.

Em caso de urgência/emergência as usuárias poderão entrar em contato com o call Center?

O call center possui uma equipe de enfermeiros e médicos de plantão 24hs, todos os dias da semana. A equipe pode ser acionada para orientar a gestante, família ou mãe nos casos de urgência/emergência. No entanto a central não substitui o atendimento médico e não funciona como SAMU ou resgate. Assim, na maioria das vezes, o call center orientará o usuário a buscar o melhor atendimento de acordo com sua situação e dará suporte à distância até que a equipe de urgência chegue ao local ou até que a família busque o atendimento de urgência.

Se houver alguma dúvida referente à amamentação e cuidados com o recém-nascido o call center vai saná-la?

As gestantes, mães e familiares podem ligar para o 155 e tirar todas suas dúvidas relacionadas à criação de uma criança com até um ano de idade.

A gestante vai receber alguma ajuda financeira?

Não. O projeto visa criar mecanismos para garantir a assistência completa à gestante e à criança, mas não inclui repasse de recursos para elas.

O projeto vai realizar marcações de consulta e exames?

Não. O Call Center não marcará consultas. Por meio das informações fornecidas pela gestante durante as ligações a equipe do projeto intervirá junto às secretarias municipais para que os problemas sejam solucionados.

Quando a gestante recebe o kit com o enxoval para o bebê?

O kit será distribuído segundo os critérios definidos pelo projeto Mães de Minas, e será entregue próximo ao nascimento.