Na última quinta-feira 21/10, representantes da Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Diamantina estiveram presentes na solenidade de certificação da Santa Casa de Caridade de Diamantina como “Hospital Angels”. Surgido na Alemanha, o programa Angels tem como objetivo agilizar e otimizar o atendimento a pacientes vítimas de Acidentes Vascular Cerebral (AVC), capacitando profissionais e criando centros de excelência em hospitais de todo o mundo.

Crédito: Divulgação

Para conquistar a certificação, concedida à instituição pelo grupo internacional Boehringer Ingelheim, a Santa Casa passou por diversas etapas, como a construção do plano de trabalho, treinamentos multidisciplinares e administrativos, além de simulações e acompanhamento de indicadores, processo iniciado em 2019.

“A Santa Casa de Caridade de Diamantina está recebendo hoje uma certificação internacional de excelência em atendimento a vítimas do AVC. Isso quer dizer que os mesmos protocolos de atendimento utilizados em um hospital de excelência dos Estados Unidos, da Europa, ou de qualquer lugar do mundo, também serão seguidos pela equipe de profissionais da Santa Casa de Caridade de Diamantina. Parabenizamos a instituição e os seus profissionais pela conquista, porque sabemos que não foi fácil chegar até aqui”, destacou Kamila Fachola, consultora científica da Angels.

Deliane Betania Lopes, especialista em políticas e gestão da Saúde da Regional, que representou a superintendente da SRS-Diamantina na ocasião, comentou a importância da certificação conquistada pela instituição. “Parabéns à Santa Casa de Caridade pela conquista. Esta certificação é a prova de que a instituição e seus profissionais estão preparados para o atendimento de urgência a pacientes de AVC", ressaltou. 

Parceria SRS-Diamantina

De acordo com Deliane, ao final da solenidade de certificação, o representante do programa Angels, Joaquim Nunes, manifestou interesse e possibilidade da Boehringer formar parceria com a SRS-Diamantina para capacitar os municípios da macrorregião de Saúde Jequitinhona. “Caso seja concretizada, a parceria permitirá preparar os profissionais para a assistência inicial ao paciente com Acidente Vascular Cerebral (AVC), de modo que o encaminhamento do usuário à instituição de referência para o AVC seja feito de maneira adequada. A Superintendência Regional de Saúde tem trabalhado para fortalecer a Linha de Cuidado de AVC na macrorregião, estando em consonância com as diretrizes do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG)”, concluiu.

 

Por Ricardo Souza Maciel

Enviar para impressão