Em 2017, até o momento (22/08), foram notificados 1.696 casos suspeitos de Febre Amarela no estado, sendo que desses casos, 1.111 casos foram descartados, 475 foram confirmados e outros 110 casos seguem em investigação. Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram:

• Exame laboratorial detectável para Febre Amarela;
• Exame laboratorial não detectável para dengue;
• Histórico vacinal (não vacinado/vacinação ignorada);
• Sinais e sintomas compatíveis com a definição de caso;
• Exames complementares que caracterizam disfunção renal/hepática.

Em relação aos óbitos, foram confirmados 162 casos para Febre Amarela, outros 15 seguem em investigação.

» Clique aqui e confira, na íntegra, o informe com Atualização sobre a investigação de casos notificados e confirmados de febre amarela silvestre, Minas Gerais, 2017 (atualizado em 22/08).

 

Por Jornalismo SES-MG