Santa Casa de Montes Claros recebe novos recursos do Pro-Hosp

Maior hospital da região Norte de Minas, a Irmandade Nossa Senhora das Mercês - Santa Casa de Monte Claros -, comemora a liberação de novo recurso financeiro através do Programa de Fortalecimento e Qualidade do SUS/MG (Pro-Hosp), que, de acordo com o diretor-financeiro, Antônio Medeiros vai contribuir para uma grandemelhoria nos serviços prestados pelo hospital.

 No dia 12 de novembro, a instituição recebeu da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) o repasse no valor de R$ 700.710,50, beneficiada pelo remanejamento dos valores do incentivo financeiro destinado aos hospitais participantes do Pro-Hosp.

 Segundo Medeiros, grande parcela da população da região norte-mineira busca pelos serviços do hospital. “A demanda de pacientes na Santa Casa é cada vez maior e é preciso investimentos para garantir qualidade a todos que buscam pelos nossos serviços. O Pro-Hosp é um importante aliado para que essa qualidade seja mantida”, ressalta.

 O recurso, de acordo com Medeiros, será investido em equipamentos, medicamentos e materiais de consumo, bem como na realização de um projeto de gerenciamento do planejamento estratégico (Pro-Hosp).

 O remanejamento dos valores do incentivo financeiro referentes às Microrregiões de Divinópolis/Santo Antônio do Monte, Januária e São João Nepomuceno/Bicas foi aprovado na 132ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Bipartite do Sistema Único de Saúde do Estado de Minas Gerais (CIB-SUS/MG), decorrente da falta de hospitais que atendam aos critérios de elegibilidade descritos Resolução SES Nº 1200, de 2007. Pela Resolução, os recursos remanejados deverão ser aplicados preferencialmente no atendimento das respectivas Macrorregiões.

 Para o Provedor da Santa Casa de Montes Claros, Elias Siufi o remanejamento é importante para que os hospitais possam manter o atendimento à população dos municípios descobertos. “A Santa Casa tem se destacado em âmbitos estadual e nacional e é considerado hospital-âncora, visto que atende a população de uma vasta região, composta por 86 municípios do Norte de Minas, além de pacientes vindos do Vale do Jequitinhonha e Sul da Bahia, em serviços de alta complexidade. A instituição está entre os 24 melhores hospitais filantrópicos do país e estamostrabalhando para continuar mantendo essa prestação de serviços com a qualidadeque a população precisa e merece”, diz.

Recursos

 Participante do Pro-Hosp desde sua implantação, em 2003, a Santa Casa já recebeu recursos da ordem de mais de 10 milhões; cerca de 4 milhões somente na gestão 2007-2009.

Em Montes Claros, além da Santa Casa, também participam do Pro-Hosp o hospital Aroldo Tourinho, a Fundação Dílson de Quadros e o Hospital Universitário Clemente Faria. Juntos, os quatro hospitais já receberam do Programa, nesses cinco anos, investimento de mais de 30 milhões de reais.

 O Pro-Hosp também beneficia hospitais microrregionais nos municípios de Bocaiúva, Brasília de Minas, Coração de Jesus, Francisco Sá, Janaúba, Monte Azul, Pirapora, Salinas São Francisco e Taiobeiras.

Parceria

O provedor Elias Siufi ressalta que a parceria com o Pro-Hosp veio revitalizar os processos da Santa Casa como um todo, melhorando os fluxos de regulação financeira, resultando em modernização da gestão da qualidade. “A parceria, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, também oportunizou ao maior hospital do Norte de Minas oferecer cursos de capacitação profissional, visando fortalecer ainda mais o atendimento prestado aos pacientes da região", completa.

 A Santa Casa é um dos hospitais concorrentes ao prêmio Célio de Castro, realizado pela SES/MG, que premia as instituições que têm se estacado em relação à gestão da qualidade e apresentado as melhores práticas, com base em critérios definidos pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). “Nos sentimos muito honrados em estar entre os vinte selecionados para concorrer a esse prêmio. Isso dignifica nosso trabalho e aumenta ainda mais a responsabilidade do hospital em trabalhar para prestar um serviço cada vez melhor à população”, conclui Siufi.

 O resultado do Premio Célio de Castro será divulgado no próximo mês de dezembro.

Autor: Jerusia Arruda